19 de maio de 2011 - 13:50

Faetec firma convênio para empregar alunos da construção civil

Baixada Fácil

Faetec firma convênio para empregar alunos da construção civil
Os alunos da Faetec dos cursos profissionalizantes de construção civil dão um passo à frente na busca de oportunidades de trabalho. A Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) firmaram, nesta segunda-feira (16/05), uma parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio) e o Serviço Social da Indústria da Construção Civil do Rio de Janeiro (Seconci-Rio), para a implantação de um programa de empregabilidade para os alunos dos CVTs e Ceteps.

O convênio foi assinado pelo secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, pelo presidente da Faetec, Celso Pansera, pelo presidente do Sinduscon-Rio, Roberto Kaufman e pelo presidente do Seconci-Rio, Luiz Carlos Rio Tinto de Matos. Também estiveram presentes no ato o vice-presidente administrativo, Elder Lugon, a vice-presidente educacional, Maria Cristina Lacerda, a diretora de Formação Inicial, Ângela Almeida, a diretora de Desenvolvimento Educacional, Leila Antunes, e diretores executivos do Serviço Social da Indústria.

“A Faetec está formando mais de 15 mil alunos por ano em construção civil e nada mais justo que fazer um convênio com o Sinduscon-Rio. O que queremos é que o estudante saia empregado. No ano passado, a evasão nos cursos da área foi de cerca de cinco mil alunos. Com o convênio, esperamos reduzir a evasão e contribuir para acabar, de vez, com o apagão da mão de obra no setor de construção civil no Estado do Rio de Janeiro”, ressalta o secretário Alexandre Cardoso.

Para Roberto Kaufman, presidente do Sinduscon-Rio, a expectativa é que o setor necessite, para este ano, de aproximadamente 25 mil novos postos de trabalho e essa mão de obra terá que ser formada no Rio de Janeiro. “É muito importante receber esses trabalhadores formados pela Faetec. Os alunos chamados irão trabalhar nas obras como auxiliares e, após cumprirem um período de avaliação, podem virar oficiais com
salário maior”.

Atualmente, o Sinduscon-Rio possui cerca de 300 empresas associadas e o Serviço Social em torno de mil empresas associadas. O presidente do Seconci-Rio, Luiz Carlos Rio Tinto de Matos, participando do mesmo raciocínio, diz que o setor tinha o estigma de muitos profissionais despreparados trabalhando. "Com o convênio o setor de construção civil precisa de mais gente qualificada, por isso nada melhor do que receber profissionais da Fundação que capacita”.

O presidente da Faetec, Celso Pansera, informou que a previsão é que, até o fim do ano, mais de 16 mil vagas sejam criadas nos cursos de construção civil. ”Estamos entregando também vale-transporte para o aluno terminar o seu curso, além da inauguração de novas unidades para ajudar na mobilidade urbana”.

Todos os participantes foram conduzidos pela equipe do Seconci-Rio para uma visita interna e, na oportunidade, conheceram os centros de atendimento ao trabalhador, a biblioteca e o Espaço Cultural Clara Steinberg, com a exposição “Futebol Brasileiro – Uma Obra de Arte”.

  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação

Nenhum comentário

Seja o primeiro