02 de fevereiro de 2021 - 15:09

Como as mulheres da Baixada podem cuidar da saúde de maneira sustentável

Como as mulheres da Baixada podem cuidar da saúde de maneira sustentável
A forma como as mulheres brasileiras cuidam da saúde feminina têm mudado ao longo dos anos. Primeiro por conta do preço alto dos itens necessários para a manutenção da rotina de cuidados diários. Segundo, devido a uma preocupação maior com o tipo de produto, compostos e fórmulas que são utilizados no corpo.

Por último, mas não menos importante, em razão da consciência em relação aos impactos que esses produtos têm sobre o meio ambiente. E é aí que entram em cena os cuidados sustentáveis, que fazem parte de um movimento que chegou até as mulheres da Baixada Fluminense.

O fato é que, para cuidar da saúde, a mulher precisa de uma rotina permanente que envolve a compra de produtos de higiene, limpeza, hidratação e prevenção. Além de caros, a maioria desses itens contém substâncias químicas que podem causar danos à saúde e poluir a natureza. Para economizar, e de quebra contribuir para a proteção do meio ambiente, cada vez mais as mulheres buscam por alternativas.

A boa notícia é que o mercado, atento a esta demanda, já oferece inúmeras opções de produtos femininos com pegada ecológica e que ainda fazem menos mal à saúde. Para exemplificar, preparamos uma lista com três maneiras para a mulher se cuidar de forma sustentável. Veja:

1. Saúde na pele

Hoje é cada vez mais comum encontrar cosméticos sustentáveis, além de produtos de beleza e de higiene que possuem fórmulas sem aditivos químicos ou substâncias consideradas tóxicas. É o famoso dois em um: agride menos a saúde e o meio ambiente.

Entre eles estão os shampoos e condicionadores livres de parabenos, as maquiagens veganas e cruelty free, além de produtos para tratamentos de pele 100% naturais.

2. Saúde na mesa

A saúde da mulher não pode estar completa sem que ela se atente para a sua alimentação. Aqui, vale apostar em vegetais e frutas orgânicos que dispensam o uso de agrotóxicos, substâncias prejudiciais para a natureza e para o organismo.

Quem tiver um jardim, ou mesmo uma varanda, também pode cultivar temperos, brotos e até alguns legumes por conta própria. Para isso, o ideal é aproveitar o lixo orgânico produzido e fazer sua própria compostagem em casa.

3. Saúde íntima

A saúde íntima da mulher também merece toda a atenção. Além dos exames preventivos, é importante cuidar da limpeza com um sabonete neutro, que não altera o PH da vagina. Dê preferência para os sabonetes em barra, que são mais sustentáveis do que os líquidos que vêm em embalagem plástica.

Vale também substituir o absorvente comum, que demora mais de 400 anos para se decompor. Para tanto, você pode resgatar uma tradição antiga e usar o absorvente de pano ou inovar com o coletor menstrual, que pode durar até 10 anos.

  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação